Foto: Mauro Smith

A Comissão de Relações Internacionais, Promoção ao Desporto e Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), presidida pelo deputado estadual João Luiz (Republicanos) atendeu ao longo deste ano mais de 21 mil pessoas, por meio dos Projetos “Ei, te orienta! Aliciar, molestar e violentar crianças é crime” (mais de 15.700 pessoas alcançadas), Projeto Mobilização, Inclusão e Transformação (MIT) + Cidadania da Aleam (mais de 2.500 pessoas alcançadas), o  Preparar, Realocar, Orientar, Adolescentes e Jovens (Proaj) – ( mais de 800 adolescentes e jovens atendidos) e dentre outros trabalhos desenvolvidos ao longo deste ano.

“Fortalecemos a Rede de Proteção à Criança e Adolescente do Amazonas com a união dos poderes Legislativo, Judiciário e Executivo. No momento crítico de insegurança nas escolas desenvolvemos políticas públicas para amenizar problemas para os professores, pais e alunos”, explicou o parlamentar.

A Comissão do Poder Legislativo recebeu 73 proposições, deu 41 pareceres favoráveis, realizou 21 reuniões, 26 visitas técnicas, duas audiências públicas, 22 eventos, 23 participações em eventos e 12 cursos.

Por meio dos projetos desenvolvidos ao longo deste ano, a Comissão de Relações Internacionais, Promoção ao Desporto e Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes da Aleam percorreu os municípios de Amaturá, Boa Vista do Ramos, Carauari, Careiro da Várzea, Coari, Eirunepé, Humaitá, Iranduba, Manacapuru, Maués, Parintins, Rio Preto da Eva, Santo Antônio do Içá, São Paulo de Olivença, Tonantins e Urucará.

União

O parlamentar também ressaltou que a comissão aproximou mais o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, Governo do Amazonas e diversos outros órgãos para proteger as crianças, adolescentes e jovens.

Palestras

O deputado estadual João Luiz também trabalhou em conjunto com a Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Cibernéticos (Dercc), por meio do delegado Antônio Rondon Júnior, com palestras no interior e na capital amazonense

Artigo anteriorNove estados e DF já dão isenção ou reduzem IPVA para carros elétricos. Veja a lista
Próximo artigoCatadores de recicláveis reivindicam pagamento fixo pela coletar