Um dia antes de prestar depoimento à Polícia Federal (PF), o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou, durante entrevista à rádio CBN Recife, que só vai depor se seus advogados tiverem acesso ao processo. Ele é investigado por suposta participação em organização criminosa, que teria supostamente orquestrado um golpe de Estado.

“Eu sigo as orientações dos advogados. Se eles tiverem acesso [ao processo] até amanhã, obviamente que eu vou falar”, disse Bolsonaro. O depoimento está marcado para às 14h30 de quinta-feira (22/2), na sede da PF em Brasília.

Artigo anteriorDetran Amazonas dá continuidade em ação de conscientização nas escolas
Próximo artigoSistema viário de Boa Vista do Ramos recebe pavimentação