Cláudio Alberto é condenado a 18 anos de prisão em regime fechado por latrocínio e estava foragido da Justiça pernambucana e foi preso em Manaus pelo delegado Cícero Túlio

O empresário Claudio Alberto da Silva, conhecido como “O Scania”, proprietário do restaurante temático Casa da Mainha, especializado em comida nordestina e localizado no bairro Vieiralves, em Manaus, foi preso por policiais do 1° Distrito Integrado de Polícia na última terça-feira (19). Claudio é condenado a 18 anos de prisão em regime fechado por latrocínio de um agiota e estava foragido da Justiça pernambucana desde 2016.

O crime ocorreu na cidade de Goiana, região metropolitana de Recife. De acordo com o inquérito policial, Claudio, juntamente com seu filho, Cláudio Alberto da Silva Júnior, e os comparsas Givaldo Gonçalves da Silva e Edson Carlos da Silva, planejaram e executaram o assassinato de Laelson Bezerra da Silva, de 67 anos. A vítima foi morta com quatro disparos de arma de fogo, sendo atingida duas vezes na cabeça, uma vez no braço e outra no abdômen, na Rua Nova Soledade, no centro da cidade pernambucana.

Após o crime, Claudio Alberto fugiu para Manaus, onde abriu o restaurante Casa da Mainha, levando uma vida aparentemente normal. No entanto a Polícia Civil do Amazonas recebeu informações sobre seu paradeiro e realizaram a prisão do empresário.

As autoridades pernambucanas informaram que, após o crime, Claudio e seus cúmplices, incluindo seu filho Cláudio Alberto da Silva Júnior, Givaldo Gonçalves da Silva e Edson Carlos da Silva, fugiram levando cerca de R$ 500.000,00 da vítima. Com esse dinheiro, Claudio estabeleceu-se em Manaus e abriu o restaurante temático que oferece comidas típicas do Nordeste.

Claudio Alberto da Silva foi condenado a 18 anos de prisão por latrocínio e agora ficará à disposição da Justiça. A operação que resultou em sua prisão foi uma ação coordenada entre as autoridades pernambucanas e amazonenses para garantir que ele responda por seus crimes.

Quadrilha

O delegado Cícero Túlio, titular do 1° Distrito Integrado de Polícia, revelou que Claudio é apontado como o líder de uma quadrilha especializada em roubos em Pernambuco.

“O Claudio lidera uma quadrilha especializada em assaltos no Nordeste. Ele teria sido o líder do crime que chocou a cidade de Goiana, um município do interior do estado de Pernambuco. Naquela oportunidade foi deflagrada uma operação denominada Sicário, onde todos os integrantes da quadrilha foram presos, ficando ele na condição de foragido”, explicou o delegado.

“Recebemos solicitação de apoio da polícia judiciária de Pernambuco e, após monitoramento, identificamos que Claudio fazia parte do quadro societário desse restaurante”, detalhou o delegado.

Após sua prisão, ele será encaminhado para audiência de custódia e, posteriormente, recambiado ao estado de Pernambuco para iniciar o cumprimento de sua pena.

Artigo anteriorSine Amazonas divulga 102 vagas de emprego para esta quinta-feira
Próximo artigoMorre cantor Chrystian, da dupla com o irmão Ralf, aos 67 anos