Getty Images

A família de um bebê de 4 meses abriu um boletim de ocorrência contra um técnico de enfermagem do Hospital Municipal Salgado Filho, localizado na zona norte do Rio de Janeiro. De acordo com o depoimento dos pais do bebê, a criança teria sido agredida pelo profissional.

O caso aconteceu na noite de domingo (30/6). As informações são do portal O Dia.

Em depoimento, Camila Nascimento de Lima, de 26 anos, mãe do menino, afirmou que ela e o pai do bebê, decidiram levar o filho ao hospital após ele apresentar uma tosse frequente.

A família não teria conseguido atendimento em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA). No Salgado Filho, o bebê passou pela pediatria e a médica o encaminhou para a enfermagem, onde receberia medicação.

Entretanto, na enfermaria, Camila Nascimento de Lima percebeu que o profissional apresentava sinais de embriaguez, cambeleava, falava alto e discutia com outros pacientes. Ainda segundo a mulher, o funcionário afirmou que daria dois “tapinhas” no rosto do bebê e, em seguida, o agrediu.

Logo após o ocorrido, a Polícia Civil do RJ encaminhou o bebê para exame de corpo de delito. A família, agora, espera pelo resultado do exame de alcoolemia para decidirem quais medidas serão tomadas. A polícia vai ouvir o suspeito ainda nesta semana.

Técnico de enfermagem afastado

A Secretaria Municipal de Saúde do Rio (SMS) informou que, além das investigações realizadas pela Polícia Civil e do boletim de ocorrência feito pela família, uma sindicância interna foi aberta e o técnico afastado das atividades, até que se apure os fatos.

A direção do Hospital Municipal Salgado Filho ainda declarou que “repudia veementemente todo e qualquer ato de violência e fará de tudo para que a situação seja devidamente esclarecida”. Com Metrópoles.

Artigo anteriorLula reclama da alta do dólar: “Há um jogo especulativo contra o real”
Próximo artigoJogo do Tigrinho: família inteira fica viciada em apostas on-line