A Polícia Civil de Pernambuco indiciou o vigilante de um hospital de Camaragibe (PE) pelo estupro de uma paciente da unidade de saúde. O caso ocorreu em novembro passado, e o abusador segue foragido.

A paciente estava internada no hospital para realizar tratamentos psiquiátricos. Em imagens que circulam nas redes sociais, é possível ver o momento em que o homem entra na sala onde a mulher estava. Ele passou as mãos embaixo do cobertor da vítima, que, mesmo sob efeito de medicações, estava acordada da hora do abuso.

O que diz o hospital

Em nota de esclarecimento nas redes sociais, o Hospital Reluzir se pronunciou. A equipe comunicou que “sobre o autor do fato, é importante colocar que ele trabalhava há apenas dois meses no local, bem como exercia sua função na jornada 12×36 e havia saído do local às 07h00min. Assim, ainda na própria sexta-feira, o Hospital desligou o autor, fornecendo às autoridades policiais todos os endereços e telefones dele.”

A unidade de saúde finalizou informando que “lamenta profundamente o ocorrido e se coloca à disposição da Polícia Civil de Pernambuco e órgãos judiciários, para que o fato seja devidamente solucionado, com o rigor e sigilo que o caso exige.” Com informações de Diário de Pernambuco.

Artigo anteriorInvestigador revela tática de Carlinhos Mendigo para evitar a polícia
Próximo artigoEmpresário goiano é encontrado morto dentro de apartamento