Por saúde mental, Medina não disputará etapa do mundial de surfe

Compartilhe

Gabriel Medina anunciou nesta segunda-feira (24/1) através de seu Instagram que não participará da primeira etapa do Mundial de Surfe, em Pipeline, no Havaí. Segundo o tricampeão, ele não está se sentindo bem psicológica e fisicamente para entrar na água no torneio que começa no sábado (29/1).

A decisão vem após a conquista do tri no circuito em 2021. Apesar de revelar um lesão no quadril, a qual vem tratando desde o fim do ano passado, Medina deu destaque para seu esgotamento mental como motivo de ficar de fora desta primeira etapa.

Veja a publicação.

https://www.instagram.com/p/CZH7JD2pBhW/?utm_source=ig_embed&ig_rid=f758e18c-ba26-4ff0-8fb7-e939c18eb5b5

300x250tce

“A saúde mental é muito importante. Preciso estar 100% mentalmente para voltar a competir. Voltarei mais forte🙏 amo vocês e obrigado por tudo.”, escreveu o surfista.

Em 2021, Gabriel Medina rompeu laços com a mãe, Simone Medina. A relação entre mãe e filho teria agravado após Gabriel se casar com Yasmin Brunet. O surfista e a matriarca travaram longas brigas e teriam sido interrompidas somente após um acordo judicial.

Esse distanciamento impactou inclusive na preparação do surfista, que deixou de ser treinado por Charles Rodrigues, seu padrasto. No mesmo ano, Gabriel se reaproximou do pai biológico, o qual ficou distante por aproximadamente 20 anos.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles. (Metrópoles)