Arquivo da tag: Borba

Prefeito de Borba eleva de R$ 16mil para R$ 25 mil o pagamento de seus salários; reajuste foi publicado no DOM dia 10 deste mês

O Diário Oficial dos Municípios, edição do dia 10 de janeiro  (ver cópia abaixo), publicou a lei municipal 224/2020, que dispõe sobre o subsídio do prefeito, vice-prefeito e secretário do município de Borba, o que significa, por exemplo, que o prefeito Simão Peixoto, que trocou o trabalho pelo ringue, quase que duplicou o salário para se divertir como lutador de MMA em Borba.

De acordo com o Diário Oficial, independentemente das mordomias e outras cositas más, Simão Peixoto passa a ganhar R$ 25 mil por mês. Nada mal para quem ganhava “modestos” R$ 16 mil para não trabalhar, conforme denunciou o ex-vereador Mirico, que encheu a cara o prefeito de porrada em luta promovida por ele mesmo, o prefeito, que não agradou em nada o Ministério Público Estadual, que pediu explicação sobre o evento.

Até dezembro do ano passado, o  salário do prefeito  Simão Peixoto era de R$ 12 mil.  O  vice-prefeito, Zé Pedro Graça (PSD), que não ficou de fora da farra, irá receber 16 mil.  Até  reajuste, recebia R$ 9 mil.

Os secretários tiveram reajuste de 100%, ou seja, os vencimentos saem de R$ 3 mil para R$ 6 mil. O menor reajuste foi do legislativo, os vereadores recebiam R$ 7 mil e agora passam a ganhar R$ 9 mil.

Para justificar o reajuste, o prefeito Simão Peixoto declarou ao Portal do Norte Notícias de não ter feito reajustado os seus subsídios, publicado no Diário Oficial, mas recompô-los já que os mesmos teriam sido reduzidos em 2018 pelo ex-prefeito José Maria da Silva Maia, conhecido como Baía.

Segundo Simão Peixoto,  de  Baia, o salário do prefeito perdeu a sua capacidade de desembolso, ou seja, de R$ 17 mil  foi fixado em  R$ 12. “Fez para mostrar para a população que ele era sério e honesto, mas acabou perdendo a eleição. Estamos voltando para o valor que era antes da redução”, disse Simão Peixoto.

Confira Publicação

[embeddoc url=”https://www.fatoamazonico.com.br/wp-content/uploads/2022/01/borba1-convertido.pdf” download=”all” viewer=”browser”]

Igreja que Navega celebra resultados alcançados no interior do Amazonas

Descendo as águas da calha do Rio Madeira, no Amazonas, a Igreja que Navega (IQN) realizou em 2021 centenas de ações evangelísticas e sociais em oito comunidades ribeirinhas, como a de Caiçara, Canumã e Abacaxis, nos municípios de Borba e Novo Aripuanã. As informações são de Notícias Adventistas.

Devido à pandemia, as atividades começaram no mês de março, quando o barco saiu de Manaus e seguiu em direção ao município de Borba, distante 149 km da capital do Amazonas, para depois descer até a comunidade de Caiçara, com 270 habitantes.

A localidade possui apenas uma escola municipal, e quando os alunos concluem o ensino fundamental, precisam ir até Borba para cursar o ensino médio. Pensando nessa necessidade, a Igreja que Navega ofereceu cursos profissionalizantes a essas comunidades, como informática básica, culinária saudável, estética corporal e facial, além de violão e técnicas vocais, como forma de incentivar a busca pelo conhecimento nos ribeirinhos. 

Para os coordenadores, é um forma de levar oportunidades, principalmente aos jovens. “Eles acabam ficando ociosos por não terem opções de lazer e nem de estudo na pequena cidade, então tudo que levamos, eles aproveitam ao máximo”, detalha o pastor Herbert Frank Souza.

Viés missionário

O plantio de igrejas é a conclusão do trabalho da IQN na comunidade, que começa com as ações de saúde, oferta de cursos e distribuição de cestas de alimentos. Ao longo do ano foram realizadas mais de 600 atendimentos médicos, odontológicos e psicológicos.

Em 2021, a IQN contou com a ajuda dos voluntários do programa Um Ano em Missão, que juntos realizaram o trabalho de formação de liderança das igrejas, desenvolvimento da Escola Sabatina e formação de Pequenos Grupos.

O projeto, que a cada ano tem um novo desafio, pôde celebrar 2021 como um ano de superação, pontua Souza. “Viemos de um ano difícil, em que tudo era incerto, mas Deus conduziu cada passo que demos. Nossa meta era fazer o plantio de três novas igrejas, e com as mãos do Senhor nos guiando, conseguimos”, ressalta.

Foram construídas novas igrejas na comunidade Caiçara, comunidade Canumã e Abacaxis, todas com estrutura moderna e pronta receber os membros que já se reuniam em grupos.

Paralelo à toda movimentação, os projetos ajudaram a levar 312 ao batismo, por meio de iniciativas como Missão Calebe, Batismo da Primavera e centenas de estudos bíblicos ministrados a população ribeirinha.

Prefeito de Borba ofende deputados que o criticaram pelo não repasse do Fundeb aos professores do município

O prefeito de Borba, Simão Peixoto (PP), reagiu às críticas dos deputados Serafim Corrêa (PSB) e Roberto Cidade (PV), que se solidarizam com os professores do município pelo não recebimento do rateio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

Em vídeo gravado de difundido nas redes sociais nesta quarta-feira, 29, o prefeito ultrapassou a linha da convivência republicana e, em tom jocoso e vulgar, impróprio para o exercício do cargo, depreciou os parlamentares, chamando-os de “marica” e “meliante”.

Independentemente dos comentários desproporcionais reservados aos dois parlamentares, Simão Peixoto revelou que não passa de um fanfarrão e que não está preparado para conviver democraticamente com a crítica, que constrói, ensina e fortalece e os valores individuais e democráticos.

Resumindo: um festival de besteira contaminou não só a mensagem do prefeito mas, também, os ouvidos de tantos que se aventuraram em ouvi-lo.

– Minha luta foi acompanhada por mais de 90 países;

– Como único prefeito que subiu no ringue em defesa do povo vou para o Guinness Book;

– O Roberto Cidade tá com inveja de mim porque fui condecorado na Assembleia Legislativa;

– Você tem inveja de mim, né deputado?, referindo-se a Roberto Cidade.

No dia 23 deste mês, o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade, cobrou das prefeituras de Presidente Figueiredo e Borba, o repasse do rateio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) aos professores das redes municipais de ensino daquelas cidades.

O parlamentar lembrou que, de acordo com dados da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Borba recebeu R$ 32,2 milhões, o que não justifica a ausência da transferência para os profissionais do magistério.

Confira o Vídeo

Luta

O prefeito de Borba, Simão Peixoto (PP) pegou muita porrada do o ex-vereador Erineu Alves Da Silva, o Mirico, em luta livre realizada na madrugada do dia 12 deste mês, no octógono da cidade.

Prefeito de Borba desafia “Mirico” para um “vale tudo” dia 8 de dezembro e alerta que vai derrubá-lo

O prefeito de Borba, Simão Peixoto Lima, tem encontro marcado para o dia 8 de dezembro, no octógono do município, com “Mirico”.

O desafio agitou a cidade que não fala em outra coisa a não ser no confronto do dia 8. A encarada do prefeito com Mirico é o assunto mais comentado em toda a calha do Rio Madeira e promete público recorde.

A luta não faz parte do calendário esportivo do município muito menos da programação dos festejos do santo padroeiro, o devotado Santo Antônio de Borba.

Um vídeo gravado neste final de semana por Mirico, que denuncia as precárias condições de conservação do Balneário do Lima, desagradou Simão Peixoto que reagiu às críticas e desafiou o seu desafeto para uma sessão e porrada, conforme pode ser ouvido nos áudios.

E agora, Mirica, vai encarar ou vai “bater fofo”?

O prefeito diz que, apesar da estrutura corpulenta de Mirico, não tem medo dele.

– Falar é fôlego. Agora quando trancara aquela grade lá, fechar o cadeado lá…não tem papai e mamãe mais não, meu hermão, só eu e ele. Se ele tiver preparado ele me derruba. Se eu tiver eu derrubo ele, previne o prefeito.

Ouça os áudios do prefeito

Polícia prende trio denunciado por estupros de vulneráveis em Borba

A equipe de investigação da 74ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), situada em Borba, sob o comando do delegado Adilson Cunha, titular da unidade policial, deflagrou, no início da tarde desta quinta-feira (02/05), por volta de meio-dia, ação policial que resultou no cumprimento de três mandados de prisão preventiva e um de busca e apreensão em nome de pessoas procuradas por estupro de vulnerável.   

Conforme a autoridade policial, os infratores, três homens de 26, 27 e 37 anos, além de um adolescente de 16 anos, filho do indivíduo de 37 anos, foram localizados ao longo da tarde desta quinta-feira (02/05), nas respectivas casas onde moravam, sendo três deles no bairro Ipiranga e um no bairro Bela Vista, em Borba, município distante 151 quilômetros em linha reta da capital.

“Um desses elementos estuprou a própria filha, uma criança de seis anos. Outro deles é padrasto da vítima, de oito anos. Já pai e filho estupraram a vizinha deles, de nove anos, quando a criança ia brincar na casa deles com a filha do dono da residência. Estamos em busca, ainda, de um quarto elemento, que possivelmente fugiu para Manaus. Ele está sendo procurado por estuprar a enteada dele, de doze anos”, explicou Cunha.

De acordo com o titular da 74ª DIP, as diligências em torno dos casos tiveram início após o recebimento de denúncias, feitas por professores das escolas onde as vítimas estudam. Adilson Cunha ressaltou que, em uma das situações, a mãe de uma das vítimas procurou a unidade policial após reparar mudanças anormais nas partes íntimas da filha e denunciou o próprio companheiro.

Vítimas – Todas do sexo feminino, foram submetidas a exames de conjunção carnal e coito anal, que confirmaram os estupros. Conduzidos à unidade policial, os homens de 26, 27 e 37 anos foram indiciados por estupro de vulnerável. Já o adolescente irá responder por ato infracional análogo ao crime de estupro de vulnerável.

Ao término dos trâmites legais, eles serão mantidos na carceragem da 74ª DIP, que funciona como unidade prisional em Borba. Adilson Cunha disse, ainda, que o adolescente ficará à disposição do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM).  

Em Borba, população revoltada com assassinato de menina de 14 anos espanca acusado até a morte – Assista o Vídeo

A morte da adolescente Patriciene Barros dos Santos, de 14 anos, encontrada morta com 16 facadas na madrugada da última quarta-feira, dia 4, deixou a população em Borba, na calha do Rio Madeira, revoltada. Na noite deste domingo (8) os moradores resolveram fazer justiça com as próprias mãos e quando foram informados de que Gabriel Lima Cardoso, de 18 anos, suspeito do crime estava no quartel da 9ª Companhia Independente de Polícia Militar onde funciona também a 74ª Delegacia Interativa de Polícia em poucos minutos, centenas de populares invadiram e retiraram o acusado, praticando o linchamento, a carbonização e a depredação do patrimônio público.

Na invasão à 9ª CIPM, seis policiais militares ficaram machucados, com lesões leves, receberam atendimento médico e passam bem, entre eles o sargento Paulo César Viana.

Desde o dia do assassinato da adolescente de 14 anos, encontrada morta no quintal de uma casa, localizado no bairro de Bela Vista, em Borba de propriedade do pai de Gabriel Lima, que é pastor de uma igreja evangélica no município.

Na noite deste domingo, Gabriel Lima, depois de cassado por policiais militares em Nova Olinda do Norte e Novo Aripuanã, resolveu se entregar. Assim que a informação da entrega do suspeito os moradores forma para à frente do quartel da PM e ameaçaram atear fogo no prédio caso o acusado do crime não fosse entregue.

Com poucos policiais militares no local a população invadiu e retirou Gabriel Lima de dentro do quartel e o espancou até a morte em frente a prédio da 9ª CIPM, Chegando a jogar o corpo dele em cima de uma viatura da Polícia Militar antes de arrastar o corpo até o fogo onde foi queimado.

Reforço de policiamento

A Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) informa que reforços das Polícias Civil e Militar seguirão para a cidade de Borba por conta da revolta popular registrada na noite deste domingo (08/07), quando prédios do 9° CIPM e da 74ª Delegacia Interativa de Polícia foram parcialmente depredados para a retirada de um infrator, que havia sido preso por volta das 17h30 suspeito do estupro e homicídio de uma adolescente de 14 anos. Gabriel Lima Cardoso, 18 anos, foi linchado e teve o corpo completamente carbonizado.

Equipes compostas por delegados e investigadores e a tropa de policiais militares das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), estão a postos para embarcar a cidade nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira (09/07).

A situação na cidade está controlada neste momento, segundo o Comandante Geral da PM, Coronel David Brandão. De acordo com ele, por conta da movimentação atípica observada com a prisão do acusado de estupro e homicídio, a equipe da Polícia Civil pediu apoio da PM para o deslocamento do detento, que ficou recluso no 9° CIPM e não nas celas da delegacia. Havia uma mobilização pelas redes sociais da revolta. Houve a tentativa de enviar reforços de policiais militares de Nova Olinda do Norte, a cidade mais próxima, que fica a cerca de 3 horas de distância, mas além do longo tempo para deslocamento, a cidade vizinha enfrentava uma tempestade.

A Polícia Civil informa que um Inquérito Policial (IP) vai ser instaurado para apurar as circunstâncias do crime. O diretor do Departamento de Polícia do Interior, delegado Mateus Moreira, vai para Borba acompanhar o caso.