25.3 C
Manaus
quarta-feira, 24 de abril de 2024
Início Cultura Amazonastur capacita profissionais do turismo em curso de Libras

Amazonastur capacita profissionais do turismo em curso de Libras

Foto: Lucas Silva/Amazonastur

Pela primeira vez, o Governo do Amazonas, em colaboração com o Projeto Mais Acesso e a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, por meio da Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), deu início, na manhã desta quinta-feira (22/02), ao Curso de Formação Básica em Libras voltado especificamente para o setor turístico. A cerimônia de abertura contou com a participação ativa do presidente da Amazonastur, Ian Ribeiro, que recebeu os 71 novos alunos inscritos no curso.

Para o presidente da Amazonastur, Ian Ribeiro, a capacitação dos futuros profissionais, vai viabilizar uma comunicação digna e respeitosa com deficientes auditivos, especialmente os surdos que necessitam da conversação em libras. Ele ressaltou o compromisso de revolucionar o atendimento turístico por meio da capacitação desses profissionais.

“Promover a capacitação de profissionais para melhor atender a comunidade surda e fortalecer a inclusão no setor turístico. Espera-se que essa iniciativa inspire transformações positivas e promova igualdade e respeito para todos.”, disse Ribeiro.

Turismo inclusivo

Realizadas no Palacete Provincial, Praça Heliodoro Balbi, Centro, as aulas têm como objetivo capacitar profissionais do setor turístico para oferecer um atendimento mais inclusivo aos visitantes que utilizam a linguagem de sinais. A iniciativa busca promover a acessibilidade no turismo, tornando-o mais acolhedor e acessível.

A diretora de Desenvolvimento Turístico da Amazonastur, Emmanuelle Pampolha, enfatizou a relevância do curso para aprimorar a comunicação com turistas.

“O treinamento proporciona uma recepção mais acolhedora para aqueles que visitam nosso estado e precisam dessa comunicação através dos sinais, melhorando a qualidade do atendimento e proporcionando uma experiência mais positiva”, afirmou Pampolha.

Facilitando o Atendimento

O curso de libras busca revolucionar o atendimento turístico, capacitando profissionais para se comunicarem em libras. Um exemplo notável é a melhoria na orientação de turistas surdos em locais turísticos, proporcionando experiências mais enriquecedoras e inclusivas.

Projeto Mais Acesso

Integrado ao projeto ‘Mais Acesso’, coordenado pela professora doutora Marklea Ferst, o curso promove a acessibilidade comunicacional e amplia o conhecimento sobre a comunidade surda. Helena Sampaio, aluna do curso e colaboradora do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), destaca o significado desse treinamento para a indústria do turismo, promovendo inclusão e atendendo às necessidades diárias de turistas e cidadãos com deficiência.

“Trazer a acessibilidade ao nosso público turístico. E além do turismo, às vezes, questões básicas, saúde, banco, coisas do dia a dia que o turista, a pessoa, até mesmo da nossa cidade, está necessitando desse contato e trazer essa inclusão para as pessoas com deficiência, elas existem, elas coexistem conosco”, ressaltou Sampaio.

Nova oportunidade

No segundo semestre de 2024, haverá abertura de novas vagas para o curso. As informações serão divulgadas futuramente nas redes sociais do projeto Mais Acesso, no perfil @mais_acesso.

Artigo anteriorSepror participa de oficinas de ordenamento pesqueiro no município de Careiro da Várzea
Próximo artigoAlunos do Liceu Claudio Santoro alcançam destaque na carreira profissional e artística