Reprodução

Adrián Olivares morreu na última segunda-feira (8/7), mas uma coincidência chamou atenção dos fãs do ex-Menudo. O artista faleceu por complicações de saúde após ser diagnosticado com doença de Chron, que é uma síndrome gastrointestinal crônica, grave, que atinge as paredes do intestino.

O detalhe é que Adrián partiu três do colega de grupo, Ray Reyes, que foi encontrado sem vida em casa, aos 51 anos, em maio de 2021. A causa da morte não chegou a ser revelada. Roy Rossello, que integrou o grupo na mesma época, ficou com parte das cinzas de Ray.

Para quem não lembra, Olivares fez sucesso com o Menudo na década de 90. No perfil do Instagram do grupo mexicano, uma nota oficial foi divulgada:

“Relembrando Adrián, o 23º integrante do Menudo, que trouxe alegria a muitos entre 1990 e 1993. Ele nasceu em 02/06/1976, seu legado viverá para sempre em nossos corações”, escreveram.

Nos comentários, seguidores da banda lamentaram a perda do ex-integrante. “Descanse em paz, querido irmãozinho”, comentou um internauta. “Isto é tão de partir o coração, estou sem palavras”, frisou outro. “Ele será muito sentido e carinhosamente lembrado”, pontuou um terceiro. “Paz no seu túmulo, obrigado por fazer parte da família Menudo”, desejou mais um. Com informações de Metrópoles.

Artigo anteriorDe virada, Espanha bate França e é a primeira finalista da Euro 2024
Próximo artigoProcurador-geral adjunto da CMM é denunciado por assédio e continua fagueiro no seu bureau de trabalho