Fotógrafo René Robert desmaia na rua, não recebe ajuda e morre de frio em Paris

Compartilhe

O fotógrafo René Robert morreu de hipotermia, no último dia 19, em Paris, após desmaiar na rua e ficar cerca de nove horas sem receber qualquer ajuda. Ele tinha 85 anos. As informações são do jornal El País.

O fotógrafo suíço tinha saído de casa em direção à Praça da República, no centro da capital Francesa, mas acabou se sentindo mal no caminho, por volta das 21h do dia 19. Ele acabou desmaiando e ficou no chão até às 6h da manhã do dia 20, quando alguém o viu e decidiu chamar pelos bombeiros, que chegaram ao local mas já o encontraram sem vida.

De acordo com o jornalista e amigo do fotógrafo Michel Mompontet, Robert morreu por causa da “indiferença” das pessoas.

“Ao menos que se aprenda alguma coisa com esta morte. Quando uma pessoa está deitada no chão, mesmo que estejamos com pressa, vamos ajudá-la. Vamos parar”, disse Mompontet.

300x250tce

René Robert nasceu em Fribourg, na Suíça, em 1936. Iniciou sua carreira na fotografia da publicidade e da moda, mas se tornou célebre ao retratar artistas do flamenco. (Istoé)