Polícia investiga faixa na rua: “Aqui mora um homem que bate em mulher”

Compartilhe

Uma faixa colocada em praça pública com uma acusação de violência contra mulher levou a Polícia Civil a iniciar uma investigação no domingo (6/12), em Fortaleza (CE). A estrutura tem um endereço e a frase: “Aqui mora um homem que bate em mulher”.

A equipe de plantão da Delegacia de Defesa da Mulher de Fortaleza foi até o local mencionado na faixa, mas não encontrou situação de flagrante nem relação dos envolvidos com infrações penais relacionadas à Lei Maria da Penha. Mesmo assim, os policias seguem investigando o caso.

A Polícia Civil reforçou, em nota, que qualquer mulher que esteja sofrendo violência pode procurar a Casa da Mulher Brasileira para realizar procedimento policial e registrar denúncia. Também destaca que em situação de flagrante, também podem ligar para a Polícia Militar através do número 190.

A 2ª vice-presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB-CE, Aline Miranda, vê a faixa colocada em praça pública como “um pedido de socorro pessoal ou de um terceiro, em favor de uma vítima”. 

300x250tce

“Essa faixa foi algo causada pela pandemia, por conta do isolamento. O estado e as instituições precisam se atentar para captar tudo isso. A Polícia foi ágil em assistir o direito da população”, destaca Aline.

A advogada ressalta que a faixa tem o mesmo valor que um telefonema ou uma carta enviada para uma delegacia e pode ser motivo para dar início a uma investigação.

“É o que chamamos de notícia-crime. Todas elas devem ser apuradas, não podem ser negadas. Para que a Polícia possa agir, é preciso ter no mínimo dados e informações que facilitem o trabalho dos envolvidos na apuração”, conclui. Com informações de Metrópoles.