Policial aposentado armado “caça” ex-mulher no serviço após divórcio

Compartilhe

Um policial aposentado de 55 anos tentou “caçar” a ex-mulher no trabalho horas depois da audiência de divórcio. Uma sequência de imagens mostra a vítima correndo do ex-marido e tentando se esconder. O homem portava uma arma.

O caso foi registrado em 25 de outubro do ano passado. O homem teve pedido de liberdade negado pela Justiça neste mês e permanece preso. De acordo com o G1, a denúncia por tentativa de feminicídio feita pelo Ministério Público foi aceita pela Justiça, o que torna o homem réu.

Segundo o boletim de ocorrência, a situação aconteceu em uma loja na Avenida Ipanema, no Jardim da Flores, em Sorocaba, interior de São Paulo. Testemunhas afirmaram ter havido disparos no local.

Ao G1, a vítima, que preferiu não ser identificada, contou sobre o momento. “Peguei o celular para ligar para o 190. Quando comecei a discar, eu o vi levantando a camisa e sacando a arma. Gritei que ele estava armado e aí ele fez o disparo. A arma deu problema no pente e engatilhou. Chutou outras duas portas e apontou a arma para outras pessoas”, lembra a mulher.

300x250tce

Câmeras de segurança registraram boa parte da ação. O caso foi investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher. A vítima, que já tinha uma medida protetiva, não ficou ferida. Os dois estavam separados havia cerca de quatro meses. (Metrópoles)

#Brasil #Crime #TentativadeFeminicídio #Polícia #SãoPaulo